Ação do Programa Novos Rumos é destacada em matéria do CNJ

O Programa “Novos Rumos na Execução Penal”, criado em 2009 e que tem como coordenador o juiz Gustavo Marinho, teve uma das suas ações destacada em uma matéria publicada hoje no site do Conselho Nacional de Justiça (CNJ): o emprego de detentos e ex-detentos nas obras para a Copa do Mundo 2014 em Natal.

A matéria diz que dos 12 estádios em obras para a Copa do Mundo 2014, oito são erguidos com a ajuda de 148 detentos e ex-detentos, participação possibilitada através do Termo de Acordo de Cooperação Técnica assinado pelo CNJ com o Comitê Organizador Local, o Ministério dos Esportes e os estados e municípios.

Em seguida, o texto destaca que obra do estádio de Natal é a que tem o maior número de contratados por meio do acordo, com 83 trabalhadores. “O avanço em Natal resulta de articulação entre o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte (TJRN), a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania e a construtora OAS, responsável pelo empreendimento. Os resultados desta parceria vão além do trabalho no canteiro de obras do estádio. Alguns reeducandos passaram a frequentar a Escola OAS, onde, à noite, são alfabetizados ou cursam os níveis fundamental e médio. 'É trabalhando como homem de bem que quero ser visto pelos meus filhos', disse um dos 83 contratados, orgulhoso ao vestir o uniforme de operário”.

A matéria pode ser acessada na íntegra através do link:
http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/21951-obras-da-copa-do-mundo-empregam-148-detentos-e-ex-detentos

Notícias Relacionadas

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200