Pleno aprova voto de congratulações pelos 184 anos de existência da PM potiguar

Durante a sessão do Pleno do Tribunal de Justiça, desta quarta-feira (20), o vice-presidente do TJRN, desembargador Gilson Barbosa, apresentou voto de congratulação à Polícia Militar pelos 184 de existência da corporação. Ele destacou os relevantes serviços prestados pela instituição à população norte-rio-grandense nesses quase dois séculos de existência. O magistrado lembrou que a PM potiguar celebra hoje a data comemorativa. O voto foi acompanhado à unanimidade dos desembargadores presentes, com associação do Ministério Público estadual.

A corporação foi fundada em 27 de junho de 1834, quando o presidente da então província do Rio Grande do Norte era exercido por Basília Quaresma Torreão. A primeira denominação recebida pela instituição foi a de Corpo de Polícia da Província, tendo à frente de seu comando o tenente Manoel Ferreira Nobre, do Exército brasileiro.

O Tribunal de Justiça tem sido cada vez mais um poder parceiro da Polícia Militar. Em 17 de maio, o Judiciário repassou R$ 11,2 milhões para a PM para o pagamento de diárias operacionais, aquisição de material de consumo e recuperação de unidades físicas no Comando Geral do órgão militar estadual. Em três anos, o TJRN destinou R$ 27 milhões para a Polícia Militar, incluindo na conta a entrega de viaturas para patrulhamento ostensivo na capital e no interior.

 

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200