Unidade do Cejusc é inaugurada em Jardim de Piranhas

Na quinta-feira (21) foi inaugurada no Fórum da Comarca de Jardim de Piranhas mais uma unidade do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania – Cejusc. Participaram do evento os desembargadores Expedito Ferreira, presidente do TJRN; e Cornélio Alves, presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos – Nupemec; além do juiz Herval Sampaio, Coordenador estadual do Cejusc; o juiz designado para comarca, Adriano Araújo; e também o prefeito de Jardim de Piranhas, Elídio Queiroz.

O juiz Adriano Araújo iniciou a solenidade trazendo dados sobre os processos que já vem sendo conciliados e mediados por meio do centro de conciliação na comarca de Jardim de Piranhas. Ele explicou que “no último mês houve, maior número de audiências prévias de conciliação e mediação do que audiências de processos já instaurados”, reforçando a tendência de solução de conflitos por meio de acordos pré-processuais.

A Justiça estadual vem acompanhando as atividades de conciliação em Jardim de Piranhas. O magistrado Herval Sampaio, parabenizou o juiz da comarca pelo empenho em transformar o Cejusc em uma realidade de fato, com a produção de resultados mensuráveis, “não se limitando apenas a estabelecer uma portaria regulamentando o assunto”. Ele ainda enfatizou que o Cejuscpermite “mostrar uma outra face do Judiciário, que busca solucionar os litígios ouvindo a vontade das partes, e não apenas decidindo”.

O desembargador Cornélio Alves lembrou que o novo CPC instituiu a obrigatoriedade dos CEJUSC nas comarcas, mas “há juízes que tem maior interesse em trabalhar com métodos de solução consensual e por isso se antecipam e investem mais nessa área”, como ocorreu no caso de Jardim de Piranhas.

Por fim, o presidente Expedito Ferreira encerrou o evento destacando que o Tribunal tem buscado trazer para sociedade “a justiça do futuro, priorizando instrumentos de conciliação, mediação e restauração ao solucionar as demandas judiciais". Dessa forma, a implantação de unidades do Cejusc “ajuda a entender as demandas da sociedade, para alcançar um Judiciário mais célere e eficiente”.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200