8ª edição da Semana da Justiça pela Paz em Casa tem início nesta segunda (21)

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (CE-Mulher) do Tribunal de Justiça do RN inicia nesta segunda-feira (21) a 8ª edição da Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa. A solenidade de abertura acontece às 8h, no Complexo Judiciário, com o lançamento do projeto Laços de Família, uma parceria da CE-Mulher com o Cejusc Natal para o uso da Justiça Restaurativa em casos de violência contra a mulher. A programação conta ainda com palestra, às 10h, sobre a atuação do Poder Judiciário potiguar no combate à violência doméstica contra a mulher.

A Semana Nacional da Justiça pela Paz em Casa é uma iniciativa da ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, e busca envolver a sociedade na discussão do combate à violência contra a mulher. Durante toda a semana, o julgamento de processos envolvendo esse tema deverão ser priorizados pelas comarcas potiguares.

Programação

Além de Natal, na segunda-feira (21) haverá programação em Mossoró, às 9h, com plenária na Câmara Municipal de Vereadores. Na comarca de Monte Alegre, às 9h30, haverá rodas de conversas sobre o tema.

Em Parelhas, autoridades do Judiciário, Ministério Público e Polícia Civil irão fazer ações de divulgação da Semana Nacional da Justiça Pela Paz em Casa, destacando a importância desse evento, o qual visa ampliar a efetividade da Lei Maria da Penha, além de esclarecer como funciona a acolhida da mulher vítima de violência doméstica quando procura a autoridade policial para relatar um caso daquela natureza.

Na terça-feira (22), em Mossoró, acontece às 8h a roda de conversa “A desconstrução do Patriarcado na garantia de direitos das mulheres em situação de violência doméstica e familiar”. Em Monte Alegre, às 8h, haverá explanação sobre violência doméstica contra a mulher; exposição de imagens sobre o ciclo da violência contra mulher, às 9h; e dinâmicas, às 10h.

Em Parelhas, às 9h, será realizada palestra a respeito das sequelas psicológicas deixadas pela violência doméstica e familiar contra a mulher. Na sequência será dado início ao mutirão de audiências pautadas com as vítimas e os supostos agressores.

Em Mossoró, nos dias 23 e 24, acontece capacitação dos integrantes da rede socioassistencial de combate e enfrentamento à violência contra a mulheres, no horário das 8h às 14h e das 14h às 18h.

Em Parelhas, o Grupo de Teatro Iluminarte, composto por pacientes do CAPS fará uma apresentação com tema voltado para Violência Doméstica, orientada pela psicóloga coordenadora do grupo.

Encerramento

A comarca de Parnamirim recebe a solenidade de encerramento na sexta-feira (25), às 8h, com o lançamento do projeto Rede COMVIDA. Às 10h, acontece o 2º Seminário de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar de Parnamirim. Em Mossoró, às 8h, haverá a mesa redonda “Violência Doméstica e Articulações necessárias com a rede de saúde”.

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça 7 de Setembro, S/N, Natal/RN, 59025-300 - (84) 3616-6200