Servidoras do Cejusc conhecem oficinas de parentalidade no TJCE

Servidoras do Centro Judiciário de Solução de Conflitos de Mossoró (Cejusc Oeste) e do Cejusc Natal participaram do curso “Teoria e Prática das Oficinas da Parentalidade”, realizado pelo Cejusc de Fortaleza, na Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec), nesta terça e quarta-feira (15). Além dos representantes do Rio Grande do Norte participaram também facilitadoras e mediadoras do Maranhão.

As Oficinas da Parentalidade são destinadas a casais com filhos que estejam envolvidos em ações de divórcio, disputas pela guarda dos filhos, agressões, entre outros conflitos familiares. O projeto é uma iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A coordenadora do Cejusc Fortaleza, juíza Jovina d’Ávila Bordoni, apresentou o projeto aos pais e aos visitantes, e destacou a importância das oficinas para a resolução de conflitos. “Nós percebemos que muitas vezes quando as pessoas estão com problemas familiares, seja um divórcio ou um processo de guarda, elas passam por situações que não sabem lidar ou não têm com quem conversar. Nós realizamos as oficinas exatamente para isso, para ser um momento onde os pais possam refletir sobre a situação e utilizar os ensinamentos aprendidos nos relacionamentos com os filhos”, explicou.

Intercâmbio

A servidora Ana Joelma Amaral, chefe de secretaria do Cejusc Oeste, avaliou o encontro como uma oportunidade bastante engrandecedora. “Nós ficamos muito felizes por recebermos o convite da coordenadora do Cejusc do Ceará para participarmos do curso, já que estamos reestruturando o Cejusc de Mossoró e pretendemos implantar este projeto em nosso Estado. Viemos conhecer na prática como funcionam as oficinas e trocar experiências, o que é muito enriquecedor”, ressaltou.

Ana Joelma lembra que em abril a comarca de Natal terá a primeira Oficina Pais e Filhos, a qual deverá ser realizada em Mossoró após a reestruturação do Cejusc.

Também participaram do curso Paula Roberta dos Santos (mediadora, facilitadora e conciliadora) e Claudianne Bessa Bezerra (assistente social) do Cejusc Oeste, além da psicóloga Rita Medeiros Maia que atua no Cejusc Natal como mediadora e facilitadora.

* Com informações do TJCE

Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte - Praça Sete de Setembro, nº 34, Cidade Alta, Natal/RN, CEP 59025-300 - (84) 3616-6200